Hacia una nueva conceptualización del Gobierno y la Regulación de Empresas Estatales: contribuiciones al debate em América Latina

Confira a Programação.

 

Nos dias 24 e 25 de fevereiro, ocorreu no palácio da Presidência do Uruguai, em Montevidéu, o evento “Hacia una nueva conceptualización del Gobierno y la Regulación de Empresas Estatales: contribuciones al debate en América Latina”. Promovido em parceria entre o Centro de Estudos em Regulação e Infraestrutura da Fundação Getulio Vargas (FGV/CERI), a Unidad Reguladora de los Servicios de Energia y Agua (Ursea) e o Banco de Desarollo de América Latina (CAF), o evento contou com quatro painéis, no primeiro dia, que refletiram sobre as realidades das empresas públicas na América Latina e no Caribe, e duas mesas redondas, no segundo dia, que concluíram as ideias previamente discutidas.

 

Dentre os participantes do Brasil estavam a diretora do CERI, Joísa Dutra, os pesquisadores Sebastian Azumendi e Gustavo Kaercher, da FGV; e Alexandre Mattos, da Consultoria Estratégica Macroplan.

 

Houve debates sobre a implementação e a utilidade do planejamento estratégico no setor público e nas estatais, a configuração da governança corporativa em empresas públicas, e as modalidades de regulação da prestação estatal de serviços. Além disso, foi feita uma análise comparativa entre as disposições constitucionais do Brasil e do Uruguai referentes às empresas estatais.

 

O seminário foi o primeiro passo de uma serie de ações lideradas pelo FGV/CERI para discutir o papel das políticas de infraestrutura no desenvolvimento econômico dos países da América Latina.