Back
COVID-19

A resposta do setor de saneamento brasileiro à COVID-19

A resposta do setor de saneamento brasileiro à COVID-19

Juliana Smiderle e Morganna Capodeferro levantam as medidas adotadas pelos prestadores dos serviços de saneamento para cumprir a orientação da OMS de garantir acesso à água a população e analisam os desafios dos reguladores, uma vez que tais medidas potencialmente implicam no desequilíbrio econômico-financeiro da prestação.

Para ler o artigo, clique no ícone de download abaixo. 

As opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade exclusiva do autor, não refletindo necessariamente a opinião institucional da FGV.